Vale Sagrado Inca: 6 motivos para incluí-lo no roteiro

Se você planeja uma viagem ao Peru, não pode deixar de visitar o extraordinário tour pelo Vale Sagrado Inca. Sem dúvidas, esse é o passeio mais procurado pelos visitantes, perdendo apenas para Machu Picchu, que é praticamente obrigatório. Mas quem vai à cidade de Cusco tem a oportunidade de visitar uma região repleta de aventuras, mistérios, cores e sabores que, sinceramente, você não vai encontrar em nenhum outro lugar do mundo.

Se acha que é exagero retratar este lugar dessa forma, preparamos este post com seis motivos que vão convencer você a querer explorar cada canto do vale. Quer conferir? Então, fique com a gente e anote as dicas abaixo.

6 motivos para incluir o Vale Sagrado Inca em seu roteiro no Peru

1- Surpreenda-se com a perfeição de Moray

Prepare-se para chegar de cima e se deparar com um cenário que, até então, você acreditava só existir naquelas séries da Discovery ou do History Channel. Se há uma palavra para descrever esse lugar é: “incrível”! Do alto, avista-se uma enorme construção circular, escavada no meio de um vale verde e, impecavelmente, cercada por pedras simétricas.

De acordo com estudos e teorias, o local era utilizado pelos Incas para testes de agricultura e colheitas. Uma espécie de laboratório gigantesco a céu aberto. Afirma-se que a cada “degrau” o Moray apresenta um próprio microclima, o que prova que seus criadores eram extremamente inteligentes e evoluídos. É possível observar a construção do alto ou caminhar até o centro do círculo central. Sem dúvidas, uma das paradas obrigatórias no Vale Sagrado Inca!

2- Encante-se com a beleza das Salineras de Mara

Próximo do Moray, uma das paisagens mais exóticas da região se esconde entre as montanhas. As Salineras de Mara são formadas por diversas poças de sal cristalizado que têm origem em uma fonte de água subterrânea. O cenário é coberto pelo branco, misturado com as cores das rochas e da terra do vale, o que promove um verdadeiro espetáculo da natureza. Prepare a máquina fotográfica e um bom cartão de memória!

3- Aproveite as artes e os sabores de Pisac

A apenas 33 Km de Cusco, Pisac é um povoado peruano muito tradicional que ainda esconde mistérios e costumes do Vale Sagrado Inca. Além dos sítios arqueológicos que farão parte, obrigatoriamente, de seu roteiro pela cidade, uma dica é visitar as lojas e tendas dos comerciantes. São artesãos, tecelões e vendedores de prata por todos os cantos.

Após visitar as ruínas, templos, tumbas e construções da enorme “província” de Pisac, separe uma hora para degustar os infinitos e exuberantes sabores que a cidade oferece.

A culinária peruana é referência mundial, inclusive já eleita como a melhor do mundo. No entanto, particularmente dentro do Vale Sagrado Inca, em especial Pisac, a gastronomia parece ter algo a mais nos temperos. Uma espécie de magia ancestral que só os chefs de lá podem explicar. Tire suas próprias conclusões quando estiver lá!

4- Deslumbre-se com a imensidão das escadarias do Ollantaytambo

Chegando a Ollanta, apelido carinhoso que os peruanos deram à cidade, você já se depara com as enormes montanhas que cercam o vilarejo. É justamente nelas que se encontram as extraordinárias arquiteturas milenares, incluindo uma gigantesca escadaria de pedras, impossível de se imaginar tal construção de detalhes impecáveis naquela época.

Mas elas estão lá para surpreender turistas e orgulhar os locais. Com toda certeza, Ollantaytambo é um dos mais significativos resquícios da imensidão do império inca e mostra, detalhadamente, seus conhecimentos arquitetônicos, seu potencial militar e tecnologias de agricultura que, até hoje, suscitam duvidas e questões de historiadores e especialistas.

5- Desbrave a história do povoado de Chinchero

Bem pertinho de Cusco, Chinchero costuma ser a primeira ou última parada do Vale Sagrado Inca. Apesar da altitude e das grandes devastações promovidas pelos espanhóis, o vilarejo se manteve de pé e com um povoado riquíssimo em tradições. De lá, é possível avistar os picos nevados de Salkantay e admirar boa parte do vale de cima. Uma vista privilegiada!

Aos domingos, uma feira tradicional é uma das principais atrações da região. Nela, até hoje, muitas transações são feitas por meio de trocas de produtos entre os locais. Ao final do mercado, as pessoas caminham até uma igrejinha onde a missa é realizada em quéchua, dialeto oficial dos incas. Entre praças, monumentos e construções, a cidade conta um pouco da história de seu povo original, misturada à influência espanhola. Uma verdadeira aula!

Como fazer o tour pelo Vale Sagrado Inca?

Visitar todos esses locais e alguns outros do Vale Sagrado Inca requer conhecimento dos roteiros, estradas e cidades. É preciso também adquirir um boleto turístico que dá acesso aos sítios e atrativos a serem visitados. Além disso, é importante estar acompanhado de um guia; do contrário, seu passeio pode ficar incompleto, tendo em vista toda a história e as curiosidades que precisam ser passadas por alguém que tenha conhecimento dos povos.

Por isso, indiscutivelmente, para visitar o Vale Sagrado Inca é fundamental contratar uma agência de turismo que dará todo o suporte e conforto para o passeio. A dica é optar por uma empresa especializada em tours por terras peruanas, de preferência, com tudo fechado e planejado no Brasil, antes mesmo de embarcar. Assim, fica mais fácil de negociar e entender os pacotes e evita surpresas no destino.

Enfim, essas foram algumas de nossas dicas do que visitar no Vale Sagrado Inca. Com toda a certeza, essas cidades devem fazer parte de seu roteiro pela região de Cusco e, sem dúvidas, suas experiências serão as mais extraordinárias de toda a viagem. Não deixe de aproveitar cada momento e sensação de um povo repleto de histórias, mistérios e magias como o peruano. Boa viagem e curta a sua aventura!

Gostou do post? Deu vontade de preparar as malas e explorar cada canto especial do Vale Sagrado Inca e muitos outros lugares no Peru? Então, não deixe de baixar nosso e-book completo sobre diversos destinos peruanos além de Machu Picchu que montamos para você. É grátis e tem dicas imperdíveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *