TRILHA INCA TRADICIONAL | ROTEIRO DIA A DIA

A Trilha Inca Tradicional, o famoso e sagrado caminho da civilização inca, tem uma duração de 4 dias, sendo 3 noites em acampamento que a equipe se encarrega de trasladar e montar as barracas, cozinha e todos os equipamentos necessários, e é percorrida por viajantes dos quatro cantos do mundo para chegar até Machu Picchu.

A beleza do cenário onde está inserida aliada com as ruínas incas que pontuam o trajeto, fazem com que percorrer o caminho seja uma das experiências mais especiais que uma pessoa possa ter – até mesmo para viajantes experientes que já fizeram trekking pelo mundo.

É de suma importância e obrigatório contratar o passeio com uma agência de viagens para que você possa usufruir de todo apoio e infraestrutura que somente uma organização séria pode oferecer. Além de disponibilizar ao viajante toda a parafernália necessária para percorrer o caminho com segurança, as agências de viagem podem proporcionar a garantia de obter o ingresso necessário para caminhar na Trilha Inca, já que o trajeto tem acesso restrito a somente quinhentos visitantes por dia. Mas muito cuidado com o serviço contratado, pois passar necessidade e fome na Trilha Inca não é nada agradável.

Além disso, você irá receber um roteiro detalhado de todo percurso, destacando os sítios arqueológicos importantes e as atrações naturais interessantes que você irá poder apreciar em primeira mão.

Veja aqui os espaços da Trilha Inca disponíveis para 2015:
Março l Abril l Maio l Junho l Julho l Agosto l
Setembro l Outubro l Novembro l Dezembro

 

Conheça abaixo o roteiro detalhado de como é o dia a dia na Trilha Inca Tradicional:

Trilha Inca Tradicional
Início da Trilha Inca Tradicional

Trilha Inca Tradicional – Dia 1

O Início da Jornada

O primeiro dia é marcado pela excitação dos viajantes que mal podem se conter diante da expectativa de percorrer o caminho sagrado dos incas e chegar até Machu Picchu. Ainda em Cusco ou Cuzco, uma van irá buscar os turistas em seus hotéis e fará o traslado até o ponto de início oficial do caminho: o povoado de Piskakucho, localizado no km 82 da ferrovia que liga Cusco a Águas Calientes.

Uma ligeira parada nos mercadinhos da cidade de Ollantaytambo, para que os viajantes comprem o que faltou, balas, barras de cereais, papel higiênico e etc, ou até mesmo seu bastão de madeira para a caminhada que tem o preço que varia de 5 a 10 nuevos soles (por volta de US$ 3).

Trilha Inca Tradicional
Sítio Arqueológico de Patallaqta

Após passar no centro de controle de visitantes, a caminhada segue contornando o Rio Urubamba e passando pelas ruínas de Qoriwayrachina e pela cidadela de Patallaqta, ambas heranças da civilização inca.

O trajeto dura de quatro a cinco horas, dependendo do ritmo de caminhada e termina no acampamento de Wayllabamba.

Trilha Inca Tradicional – Dia 2

O Dia Mais Difícil

Depois do esforço físico do dia anterior, sair da cama – ou melhor, da barraca – pode ser difícil, mas as surpresas que aguardam o viajante nesse segundo dia de caminhada compensam.

O segundo dia da Trilha Inca é considerado o mais pesado, pois uma grande parte dele é subida em direção à montanha de Warmihuanusca. São mais de mil metros de ascensão e alguns trechos são feitos em escadas de pedra, por isso certifique-se de tomar uma xícara de chá de coca no café da manhã para combater o mal de altitude.

Trilha Inca Tradicional
Montanha Warmihuanusca – Trilha Inca Tradicional

Ao longo desta subida, a paisagem vai se modificando devido à mudança de altitude, onde poderemos observar Llamas e Alpacas, chegando no trecho da montanha conhecida como “Abra de Warmihuanusca” (“Passo da mulher morta”), onde teremos uma impressionante vista da parte mais alta da Trilha.

Em seguida, passaremos por uma região de bosque, habitado por diversos tipos de animais como os Ursos Andinos. Seguiremos descendo ao Valle de Pacaymayu (3.600 m.s.n.m.), onde acamparemos depois de 6h30 de trekking.

Apesar disso, uma vez em cima da montanha deleite-se com a vista das cordilheiras de Vilcabamba e Vilcanota. Se tiver sorte, o céu estará sem nuvens e você irá presenciar um show de estrelas cadentes.

Atenção: Aconselhamos que neste dia leve chocolates, bolachas e balas de coca para que mantenha o nível alto de açúcar no sangue, para controlar seu nível de glicemia na altitude.

Trilha Inca Tradicional – Dia 3

O Início do Fim

O terceiro dia na Trilha Inca é o mais bonito e também o mais importante, pois diversas ruínas históricas serão visitadas durante o trajeto.

Trilha Inca Tradicional
Sítio Arqueológico Runkuraqay

Partindo do Vale de Pacaymayu, a descida é longa, mas recompensadora: despenhadeiros, florestas tropicais e cachoeiras irão cativar a sua atenção durante a longa jornada de oito horas.

Neste dia o visitante passará por Runkuraqay, uma estrutura oval que servia como posto de vigilância; Sayaqmarka, um grande complexo arqueológico que conjectura-se tenha sido utilizado para cerimônias religiosas; Phuyupatamarca, que a 3670m de altura, é chamada de cidade sobre as nuvens, já que essas se concentram na parte inferior da montanha; e finalmente Wiñaywayna, uma montanha coberta de terraços agrícolas que fica a poucos minutos do acampamento final da Trilha Inca.

Trilha Inca Tradicional
Sítio Arqueológico Wiñaywayna – Imagem “Inca Trail Winaywayna2” by Steve Pastor at en.wikipedia

Normalmente neste dia o grupo se junta para fazer uma cerimônia de agradecimento, por aqueles que ficaram zelando por suas vidas todo o momento, carregando a comida, o botijão de gás, as barracas, fazendo comida, te acordando com um copo de chá de coca e um incrível sorriso na cara as 5h00 da madrugada. Os carregadores, cozinheiro e guia merecem nosso muito obrigado, pois este é o último dia que estaremos com eles, então seja generoso, pois é um dos trabalhos mais importantes da Trilha Inca.

Obs.: O agradecimento em dinheiro ou gorjeta (propina em espanhol) não é obrigatório, pois toda equipe recebe por estar ali, mas é uma grande ajuda para estes guerreiros que faz da Trilha Inca um momento tão especial.

Trilha Inca Tradicional – Dia 4

A Porta do Sol

O último dia dessa incrível viagem começa ainda de madrugada, pois ninguém que perder o sol nascendo sobre Machu Picchu. A Trilha Inca em si termina no monumento de Intipunku, a Porta do Sol, de onde se tem uma vista de 180º da cidade perdida.

Trilha Inca Tradicional
Portada do Sol – Trilha Inca Tradicional

Após tirar fotos e aproveitar o nascer do sol, o guia irá conduzir o grupo até a entrada de Machu Picchu, onde guardaremos nossa mochilas no guarda volumes e iniciaremos nosso guiado completo pela cidadela de Machu Picchu que dura por volta de 2 horas, e logo depois estaremos recebendo as orientações sobre o trem de retorno e para aqueles que tem o Almoço no Restaurante Sanctuary Lodge, ainda podem retornar depois do almoço, mas sempre tendo em conta os horários de retorno do Trem.

Ao final do dia os viajantes cansados, porém felizes, podem retornar para Cusco ou Cusco ou hospedar-se por uma noite a mais no povoado de Águas Calientes para poder subir no dia seguinte a Montanha Machu Picchu ou Huayna Picchu e ter uma vista ainda mais privilegiada da cidade dos incas.

Outra possibilidade é almoçar no Restaurante do Hotel Sanctuary Lodge que fica na porta de Machu Picchu, um dos lugares mais exclusivos em Machu Picchu, reserve com antecedência seu almoço, ou se hospede neste encantador Hotel de Luxo que pertence a Rede Belmond, os consultores da Machu Picchu Brasil está a disposição para maiores informações.

Saiba que o maior perigo de se conhecer o Peru é se apaixonar pelo país e querer ficar mais e mais no lugar.
O que está esperando para visitá-lo e se surpreender com a beleza e com os encantos peruanos? Na volta, conte pra gente o que achou da experiência em Machu Picchu nos comentários!

viagem internacional peru

Encontre-nos a Machu Picchu Brasil no Google+
Encontre-nos a Machu Picchu Brasil no Facebook

Protected by Copyscape Online Copyright Checker


Você já sabe que o Peru é um país surpreendente e também sabe que é herdeiro de uma cultura milenar, por isso fizemos este  [eBookPeru: 5 Lugares Imperdíveis para colocar no seu roteiro de viagem.

O turismo no Peru é um dos que mais cresce em todo mundo, e com a proximidade com o Brasil e a não necessidade de passaporte, os Brasileiros estão colocando o Peru com um dos principais destinos da América do Sul.

Conheça os 5 melhores destinos no Peru com nosso [eBookPeru: 5 Lugares Imperdíveis totalmente feito para você.

 

Faça o download grátis aqui!

 

Peru 5 lugares imperdiveis

Resumo
TRILHA INCA TRADICIONAL | ROTEIRO DIA A DIA
Nome do artigo
TRILHA INCA TRADICIONAL | ROTEIRO DIA A DIA
Descrição
TRILHA INCA TRADICIONAL | ROTEIRO DIA A DIA - Veja como é o dia a dia da Trilha Inca no Peru até Machu Picchu, uma das mais concorridas de todo mundo. Conheça Agora!
Autor

2 Comentários


  1. Gostaria de saber como posso fazer um orçamento para machu picchu, para umas 20 pessoas no mes de setembro?

    Responder

    1. Cara Alexandra, Boa tarde!

      Seu emails já foi enviado para nossos consultores, esta semana nosso pessoal estará em contato para maiores detalhes e formatação do roteiro, de qualquer forma deixo nosso Site para verificar nossos pacotes clássicos. Ficamos a disposição e agradecemos o contato.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *