Sobre Machu Picchu

Informações sobre Machu Picchu Peru – A cidade perdida dos Incas

Datada de meados do século XV, Machu Picchu no Peru é nada mais nada menos do que uma das 7 maravilhas do mundo moderno. Como se não bastasse, a ruína inca localizada na Cordilheira dos Andes é um dos destinos mais procurados na América do Sul e com certeza, é o mais popular em solo peruano: são aproximadamente 500 mil turistas por ano. O sítio arqueológico foi descoberto em 1911, pelo historiador americano Hiram Bingham. Naquela época ele era bem diferente, pois ainda estava coberto pela floresta.

machu picchu peruFoto: Prom Peru : Divulgação

Também conhecida como a “cidade perdida dos Incas”, Machu Picchu Peru é uma cidade pré-colombiana em ótimo estado de conservação. Apesar disto, estima-se que apenas 30% das ruínas façam parte da construção original. O restante foi reconstruído, e pelo encaixe entre as pedras e o seu tamanho, fica fácil identificar o que é ou não original. A região está localizada em uma altitude de 2500m e a 150km de Cuzco, outro famoso destino turístico do Peru.

Machu Picchu Peru

Uma visita em Machu Picchu vai fazer você se impressionar com a capacidade intelectual dos incas. Tudo é impressionante e feito com excelência: desde a disposição dos prédios até o grande número de terraços para a agricultura.


A zona agrícola x a zona urbana

A área construída em Machu Picchu tem 530m de comprimento por 200m de largura e inclui pelo menos 172 recintos. O complexo é claramente dividido em duas regiões: a zona agrícola e a zona urbana. Elas são separadas por um muro, um fosso e uma escadaria.

A zona agrícola é formada pelos terraços de cultivo, que aparecem como enormes escadarias sobre a ladeira. Sua estrutura, feita com diferentes tipos de material – pedras, argila, cascalho – tinha como objetivo facilitar a drenagem, evitando a criação de poças e o desmoronamento do terraço. Na parte oeste do caminho, se encontram dois grandes conjuntos: alguns de corte semicircular e outros retos.

Já a zona urbana é dividida em dois setores: o “hanan” (alto) e o “hurin” (baixo). O eixo físico que delimita as áreas é uma praça comprida, construída sobre terraços de diferentes níveis.

o Setor Hanan, você vai conhecer…

  • o Templo do Sol: supõe-se que foi usado para cerimônias relacionadas ao solstício de verão e também foi um mausoléu. Sua estrutura possui blocos finamente lavrados e resquícios de mecanismos de segurança;
  • a Residência Real: é uma construção fina, grande e com cômodos bem distribuídos. Inclui um curral para lhamas e um terraço com vista para o leste da cidade;
  • a Zona Sagrada: é um conjunto de ruínas que estão localizadas em torno de um pátio quadrado. Tudo indica que o lugar era destinado a realização de diferentes rituais.

No Setor Hurin, você vai conhecer…

  • Rocha Sagrada: é uma pedra plana colocada sobre um amplo pedestal e indica o extremo norte da cidade;
  • Grupo das Três Portas: um amplo conjunto arquitetônico. Suas portas, de formato semelhante, indicam a zona central de Machu Picchu.

Machu Picchu Peru

 

Dicas para explorar a cidade perdida dos Incas

            Conhecer as ruínas de Machu Picchu Peru está no roteiro de qualquer viajante. Para aproveitar melhor a viagem, confira algumas dicas:

  • Para entender melhor a história do sítio arqueológico e do povo inca, faça a visita com um guia local;
  • Não deixe de levar água e alimentos. Para conhecer tudo, você irá andar por muito tempo a pé e o restaurante do parque é bem caro. Ter um chocolate na mochila também pode ser bem útil;
  • Se você deseja visitar Huayna Picchu, a montanha icônica perto de Machu Picchu deve comprar o ingresso com bastante antecedência. O número de visitantes por dia é limitado e as entradas sempre esgotam;
  • Saiba que a cidade vizinha de Águas Calientes é a porta de entrada para Machu Picchu. Ela tem total infraestrutura para receber todos os turistas que chegam;

Fora isto, vença o cansaço e conheça tudo o que puder! Lembre-se que em Machu Picchu no Peru, você está diante de uma das maiores construções da humanidade!

 

FOTOS DE MACHU PICHU

E aí, gostou das dicas? Que tal aprofundar seus conhecimentos? Você não se arrependerá! Caso esse seja seu próximo destino, lembre-se de cadastras seu email para receber nosso Post semanal e consultar nossa pagina no Facebook com muita informação e promoções.

Texto : Machu Picchu Brasil no Google+

pacote místico e esotérico

Resumo
Informações sobre Machu Picchu Peru - A cidade perdida dos Incas
Nome do artigo
Informações sobre Machu Picchu Peru - A cidade perdida dos Incas
Descrição
Sobre Machu Picchu: Datada de meados do século XV, Machu Picchu Peru é nada mais nada menos do que uma das 7 maravilhas do mundo moderno - Veja mais aqui!
Autor

2 Comentários


  1. Olá,

    Boa Tarde,

    Estive em Machu Picchu na semana passada. Pelo que me recordo, a guia falou que a cidade é 70% original e 30% restaurada.

    Qual é a informação correta ?

    Abraço.

    Responder

    1. Caro Fábio, somente 30% é original se falando de todo o parque.
      Quando Hiram Bingham chegou ali era pura selva, e se imaginando nas zonas agrícolas praticamente já não existiam,
      com isso foi feito um trabalho de recuperação e já se estende mais de 100 anos.
      Mas alguns templos podemos colocar que é 70%, pois é utilizada a natureza ao seu favor, um exemplo é o templo da lua em
      Huayna Picchu.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *