Onde fica Machu Picchu e quais os principais meios de chegar?

Você sabe exatamente onde fica Machu Picchu e por que esse local é tão desejado assim pelos aventureiros e viajantes do mundo todo? Bom, se você também é um desses e não abre mão de boas aventuras, histórias fantásticas, costumes diferentes, mistérios e lendas fascinantes e toda uma magia que contempla a cultura de povos antigos e tradicionais, certamente o Peru te encantará como destino de viagem!

Afinal, o país é um dos poucos no mundo que ainda consegue preservar, de forma impressionante, os valores culturais de suas civilizações passadas e Machu Picchu, sem dúvidas, é a maior prova disso.

Sendo assim, esse post é para você que, certamente, já ouviu sobre o destino e sonha em um dia poder vivenciar a experiência de pisar naquele lugar sagrado e misterioso. Para isso, explicamos onde fica Machu Picchu exatamente, o que ela representava para os Incas e, claro, algumas dicas certeiras de como se chegar lá hoje em dia e realizar o sonho de conhecer o principal cartão postal do Peru.

E aí? Tudo pronto para a aventura? Então, vamos começar!

Afinal, onde fica Machu Picchu exatamente?

Onde fica Machu Picchu

A localização de Machu Picchu no mapa é exatamente em meio a um imenso vale montanhoso e de muita mata selvagem pertencente ao departamento de Cusco e à província de Urubamba.

As ruínas de Machu Picchu ficam localizadas entre duas principais montanhas, uma que leva o mesmo nome do parque e outra batizada de Wayna Picchu. No dialeto quéchua, o nome “Machu Picchu” significa “montanha velha” enquanto “Wayna Picchu” quer dizer “montanha jovem”.

Em relação à altitude de Machu Picchu, a antiga cidadela Inca se encontra a 450 metros acima de toda a região do Vale Sagrado e a 2.400 metros em relação ao nível do mar. Com isso, a temperatura média anual de lá gira em torno dos 17° ou 18ºC, podendo cair drasticamente durante o inverno.

Um pouco sobre a história e a descoberta de Machu Picchu

Trilha Salkantay

Se agora você sabe onde fica Machu Picchu, certamente essa informação ainda não tinha sido passada aos invasores espanhóis no século XVI e, por isso mesmo, a vila se manteve intacta durante todos esses anos. Acredita-se que a história de Machu Picchu tenha se iniciado bem antes da chegada dos europeus na América, mais exatamente lá pelo século XV, sob o comando do “imperador” Pachacutec.

Segundo historiadores e pesquisadores, a localização de Machu Picchu teria sido escolhida estrategicamente pelos seus antigos líderes, a fim de que possíveis invasores não a conseguissem encontrar no alto das montanhas e em meio à densa floresta. Pelo visto, o plano deu certo!

No entanto, a história da cidade está longe de se resumir a esses detalhes apenas. O local onde fica Machu Picchu funcionava como um santuário religioso dos Incas, uma vila de moradia e um centro de estudos astronômicos altamente avançado para o período. Além disso, Machu Picchu foi “desenhada” por seus engenheiros em um formato de condor, pássaro muito admirado e respeitado nas tradições do povo andino.

Por fim, suas ruínas jamais foram invadidas e, só em 1911, após uma expedição arqueológica comandada pelo professor americano Hiram Bingham, é que suas construções finalmente foram vistas pelo homem branco. A partir desse momento, Machu Picchu definitivamente entrou para a história e se tornou um dos destinos mais cobiçados e interessantes de todo o mundo.

SAIBA MAIS SOBRE MACHU PICCHU 

– História de Machu Picchu: como os incas construíram a cidade

– Guia completo de viagem para Machu Picchu

O que levar para Machu Picchu

E quais os principais meios para chegar em Machu Picchu?

Diferentemente dos tempos passados, chegar até as ruínas Incas hoje é mais fácil do que se imagina e opções de caminhos não faltam. Para entender melhor onde fica Machu Picchu e como chegar até lá, destacamos algumas dicas essenciais a seguir. Confere aí!

Cidades próximas a Machu Picchu

cusco

Em um roteiro de viagem, você tem a opção de pernoitar em diferentes cidades próximas a Machu Picchu e visitar as ruínas com calma no dia seguinte. São elas:

  • Águas Calientes – também chamada de Machu Picchu Pueblo, Águas Calientes é um pequeno povoado é considerada a cidade mais perto de Machu Picchu. De lá, é possível chegar até as ruínas de ônibus (30 minutos) ou até a pé (1h30);

  • Cusco – o principal berço da civilização Inca é também a cidade mais perto de Machu Picchu com mais estrutura turística. Há opções de visitar as ruínas de trem, traslado de alguma agência ou por trekkings, todas essas opções partindo dos arredores de Cusco;

  • Vale Sagrado – toda a região do Vale Sagrado dos Incas é formada por pequenos povoados e vilas, onde é possível encontrar bons hotéis e, no dia seguinte, subir para o parque. A cidade de Ollantaytambo, por exemplo, fica a menos de duas horas de trem até Águas Calientes.

Trilhas Incas

Trilha Inca

Para aqueles que não abrem mão de uma boa pitada de aventura, as trilhas Incas podem transformar seu roteiro até Machu Picchu em uma verdadeira experiência de vida. Afinal, é possível visitar as ruínas a pé e por diferentes caminhos. Para conhecer melhor cada um deles, confira com detalhes abaixo:

Trem para Machu Picchu

Trem para Machu Picchu

Agora que você já sabe onde fica Machu Picchu, vai descobrir que chegar até lá pode ser um passeio agradável, confortável, surpreendente e, se preferir, até luxuoso. Afinal, um dos principais meios para visitar as ruínas Incas é por meio dos trens peruanos.

Há duas principais empresas que operam as linhas de trem para Machu Picchu: a Peru Rail e a Inca Rail, ambas de ótima qualidade e vagões bem variados. Para resumir um pouco, destacamos algumas opções que valem muito a pena conferir.

  • Belmond Hiram Bingham (trem de primeira classe);

  • Vistadome (classe turística e vista panorâmica);

  • Expedition (o mais econômico);

  • Sacred Valley (sai de Urubamba e é considerado primeira classe);

Pacotes fechados

Mesmo já sabendo onde fica Machu Picchu, se locomover no Peru por conta própria não é lá a tarefa mais fácil, especialmente, quando o tempo de roteiro é mais curto. Fora que há regras e horários de acesso às ruínas Incas.

Com isso, indiscutivelmente, a melhor forma de se visitar Machu Picchu e toda a região do Vale Sagrado, sem correrias, perrengues e até prejuízos, é contratando um roteiro completo e fechado com uma agência especializada.

A Machu Picchu Brasil é a única empresa brasileira dedicada 100% ao turismo andino e conhece como ninguém cada história e costume daquele país, além de contar com parcerias exclusivas, equipe capacitada e uma gama de pacotes incríveis e únicos para transformar sua viagem numa verdadeira experiência de vida.

E aí? Quer descobrir mesmo onde fica Machu Picchu e finalmente poder pisar nessa terra mística e repleta de energia? Então, converse com um de nossos especialistas e confira as melhores opções de roteiros para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *