Por que Machu Picchu é um lugar místico?

Sagrada, mística, inexplicável. Esses adjetivos podem definir bem a cidadela construída pelos Incas, considerada Patrimônio Mundial pela Unesco e uma das 7 Maravilhas do Mundo. Os mistérios de Machu Picchu realmente seguem atraindo turistas do mundo inteiro. 

A falta de respostas para uma série de perguntas que envolvem o destino torna Machu Picchu um local ainda mais especial. Neste conteúdo, compartilhamos com você algumas das incertezas que chamam atenção de viajantes e estudiosos

Os mistérios de Machu Picchu 

A descoberta

Descubra os mistérios de Machu Picchu

O primeiro fato sobre Machu Picchu que chama muita atenção de quem busca pela história do local é que a cidadela passou alguns séculos oculta nas montanhas. 

Não é possível afirmar exatamente quando a construção foi realizada, mas estima-se que por volta dos anos 1450. Foi só em 1911 que o arqueólogo americano Hiram Bingham mostrou para o mundo a existência da obra da civilização Inca. 

Acredita-se que, mesmo durante a colonização realizada pelos espanhóis, o local passou desapercebido. Ou seja, por muito tempo, as únicas pessoas que sabiam da existência de Machu Picchu eram alguns habitantes locais. 

A partir daí, muitas pessoas passaram a tentar desvendar segredos sobre o local. 

A construção 

A construção de Machu Picchu

Machu Picchu fica no topo de uma montanha, a 2,4 mil metros de altitude. As construções do local são feitas com pedras, principalmente granito, e pelo tamanho dá para imaginar que sejam bastante pesadas para serem carregadas sem ajuda de máquinas. 

Outra coisa que chama a atenção é a técnica utilizada. A mais conhecida é a Ashlar: as rochas foram cortadas de forma que se encaixam uma nas outras. Não existe nada além do próprio encaixe que ligue uma pedra à outra. 

O resultado é muito bonito de se ver, porém, mais do que isso, também é muito resistente. Machu Picchu já passou por abalos sísmicos e seguiu firme e forte! 

E há uma boa parte de Machu Picchu que nós não podemos ver. Engenheiros acreditam que existem fundações subterrâneas em grandes profundidades para a sustentação de algumas partes da construção. 

Um sistema de drenagem e irrigação bem desenvolvido também faz parte do local, o que ajudava com a distribuição de água potável e processos agrícolas. 

Mas como um povo tão antigo tinha conhecimento e estrutura para realização de obras de engenharia tão avançadas? Essa pergunta está entre os mistérios de Machu Picchu. 

Para que servia?

Para que servia Machu Picchu?

Uma das teorias sobre para que servia Machu Picchu é mais voltada para questões religiosas.  

Alguns estudiosos defendem que Machu Picchu era um local secreto para cultos. Esse ponto de vista ressalta o tom místico que é dado ao local. Verdade ou não, muitos visitantes costumam falar sobre a energia que sentem ao visitar Machu Picchu. 

Por outro lado, por sua construção e localização, também existem estudiosos que apontam a cidadela como um lugar de estudos voltados à astronomia e a técnicas agrícolas. 

Antes, Machu Picchu também já foi apontada simplesmente como uma fortaleza militar. 

Viva de perto os mistérios de Machu Picchu 

Ficou curioso sobre esse destino? Existem muitos outros mistérios de Machu Picchu que ficam ainda mais encantadores quando vistos de perto e contados por guias locais, que mergulharam na história da enigmática construção.

E para quem quiser embarcar nessa aventura, vale a pena contar com uma empresa de turismo que também conheça os mínimos detalhes sobre o local, cultura e história. 

A Machu Picchu Brasil é especializada do Peru e pode te ajudar a tornar esse sonho realidade. Entre em contato e planeje a sua viagem com a gente. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *