Machu Picchu vai fechar em 2020? Saiba tudo sobre o assunto

Se você, por algum acaso, já leu ou ouviu dizer que Machu Picchu vai fechar em 2020 e que a visitação às ruínas incas será interditada pelo Governo nos próximos anos, saiba que tudo isso não passa de boatos de internet.

O que há, de fato, são novas iniciativas do governo peruano para tentar controlar melhor o acesso ao parque, com o único intuito de preservar essa joia da história do país e da humanidade. Sendo assim, é mentira que Machu Picchu vai fechar.

Portanto, se você ainda não teve a oportunidade de pisar nessa terra sagrada em meio aos andes, relaxa! Machu Picchu não vai fechar e seu roteiro pode, sim, incluir o passeio tranquilamente durante a sua viagem.

Para entender melhor mais sobre esse boato e o que muda nas novas regras de acesso a Machu Picchu, continue a leitura até o final e tome nota das dicas. Vamos lá?

Afinal, de onde surgiu o boato de que Machu Picchu vai fechar em 2020?

Machu Picchu vai fechar?

Assim como outras infinitas “fake news” e boatos que rolam pela internet nos últimos anos, falar que Machu Picchu vai fechar para a visitação é algo infundado e, provavelmente, teve origem após as recentes mudanças de regras de acesso ao parque, anunciadas pelo governo do Peru.

De fato, o turismo em massa trouxe alguns impactos para a antiga cidadela inca e, por esse motivo, foram necessárias algumas mudanças no acesso ao sítio arqueológico, no intuito de preservar e conservar as ruínas.

Quem conhece a história de Machu Picchu sabe que a construção Inca é incrivelmente resistente ao tempo e as técnicas de engenharia dessa civilização permitiram que tudo aquilo se mantivesse intacto, mesmo após 500 anos das mais diversas intempéries.

No entanto, após o título de uma das 7 maravilhas do mundo, o fluxo de turismo em Machu Picchu aumentou consideravelmente e, hoje, mais de 1,5 milhão de pessoas pisam nesse lugar todos os anos. Com isso, são cada vez mais necessárias novas medidas de preservação e a promoção de um turismo mais sustentável e consciente.

Mas Machu Picchu fecha alguma vez por ano?

Machu Picchu vai fechar?

Definitivamente, não! Porém, essa é uma das dúvidas mais comuns entre aqueles que planejam uma viagem ao Peru e têm medo de não conseguirem visitar as ruínas incas, por acharem que Machu Picchu fecha em algum período do ano.

Mas vamos lá! É possível visitar o parque em qualquer mês do ano, até mesmo na chamada época das chuvas, considerada a baixa temporada no Peru.

Outra coisa é que, durante o mês de fevereiro, a principal trilha para Machu Picchu fecha para a manutenção do governo, o que pode causar certa confusão sobre o assunto entre alguns viajantes. No entanto, isso não impede o turista de visitar o parque de outras formas, inclusive, por outras trilhas alternativas.

VEJA TAMBÉM 

Trem para Machu Picchu: o que você precisa saber

Conheça as principais trilhas para Machu Picchu

E quais são as novas regras de acesso a Machu Picchu?

Machu Picchu vai fechar?

Como bem dissemos ao longo do texto até aqui, está fora de qualquer cogitação afirmar que Machu Picchu vai fechar para visitação em 2020 ou nos próximos anos. Por outro lado, é importante se informar e se planejar em relação ao novo regulamento de acesso às ruínas incas, tendo em vista que, cada vez mais, é preciso se organizar com antecedência e obedecer às regras do parque.

Para facilitar, nós separamos os principais pontos de mudanças que são importantes de saber para aqueles que planejam uma viagem para Machu Picchu. Saiba mais!

  • A limitação diária de até 500 pessoas nas trilhas Incas ainda se mantém como regra para aqueles que pretendem visitar Machu Picchu a pé;

  • O parque disponibiliza horários para a visita a Machu Picchu, sendo o primeiro com início a partir das 6h e o último às 14h. As informações vêm especificadas nos ingressos e, com isso, o visitante tem, em tese, até quatro horas disponíveis para fazer os circuitos;

  • Seu ticket dará direito a um tour de quatro horas por Machu Picchu, o que é suficiente para realizar, com calma, os principais circuitos e, inclusive, fazer as trilhas para as montanhas do parque;

  • Não é mais possível sair e reingressar no parque;

  • É obrigatório o acompanhamento de um guia profissional e autorizado. Cada guia pode acompanhar grupos com, no máximo, 16 pessoas;

  • Não é mais permitido levar suportes ou tripés de câmeras fotográficas, o que inclui também os famosos “paus” de selfie.

Há algum risco futuro de Machu Picchu fechar?

Afirmar que Machu Picchu vai fechar algum dia está fora de qualquer cogitação do governo peruano, pelo menos até hoje. O destino é o principal cartão postal do país e o que mais movimenta o turismo peruano, aquecendo a economia local, empregando pessoas e valorizando a história e cultura de seu povo.

O desafio, no entanto, é promover um turismo mais consciente e sustentável para manter as ruínas protegidas e, até o momento, as medidas tomadas têm gerado resultados positivos.

Sendo assim, se você ainda não teve a oportunidade de viajar ao Peru, não precisa temer ou achar que Machu Picchu vai fechar nos próximos anos. Porém, a dica é já começar a se planejar e não esperar que o acesso seja ainda mais restrito.

Como dica essencial, procure uma agência especializada, conheça todas as opções disponíveis de roteiros para Machu Picchu, se informe mais sobre as melhores épocas de visitação e fique por dentro das novas regras de acesso ao parque.

Essas foram algumas dicas e informações úteis sobre o tal boato de que Machu Picchu vai fechar em 2020 ou num futuro próximo. Esperamos que a leitura tenha ajudado a entender melhor o que mudou em relação ao acesso às ruínas e, claro, ter acalmado um pouco aqueles que estavam preocupados em não conseguirem mais visitar uma das 7 maravilhas do mundo. Sabendo disso, que tal dar uma olhada em algumas sugestões de roteiros prontos e começar a planejar a melhor viagem de sua vida?

Se curtiu o post e está querendo embarcar para uma aventura em breve pelo Peru, não deixe de se inscrever em nossa newsletter para receber mais dicas, informações e até promoções de viagens ao país. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *