Trem para Machu Picchu: o que você precisa saber

Há, pelo menos, três formas de se chegar a Machu Picchu: por meio das trilhas Incas, pelo caminho da hidroelétrica ou por trem.

Indiscutivelmente, essa última opção é a mais confortável, cômoda e ainda pode render visuais incomparáveis.

Mas, afinal, como pegar um trem para Machu Picchu, quais são os roteiros, como é essa viagem e quais as vantagens dela? Para esclarecer todas essas dúvidas e ainda deixar algumas dicas imperdíveis, preparamos este miniguia para você planejar e organizar com calma a sua visita até a cidade perdida dos Incas.

Quer conferir? Então, continue a leitura e tome nota das informações que separamos abaixo. Vamos lá!

Tudo o que você precisa saber para ir de trem para Machu Picchu

A viagem de trem para Machu Picchu é a alternativa perfeita para o viajante que não quer encarar o trekking de quatro ou cinco dias pelos caminhos a pé ou aqueles que têm menos tempo de passeio. Por fim, há ainda o turista de luxo que busca total conforto e serviços completos, com tudo o que é de direito nos vagões de primeira classe.

Independentemente do seu perfil de viajante ou do seu objetivo, sem dúvidas, o trem para Machu Picchu também é uma atração à parte e proporciona vistas e experiências tão diferentes quanto os outros caminhos.

A seguir, vamos conhecer as duas empresas de trem para Marchu Picchu e as suas principais rotas para se chegar até a cidade perdida dos Incas. Todos a bordo? Então, confira ai!

Trens para Machu Picchu da Peru Rail

Esta é a empresa mais antiga, autorizada a fazer a rota até Machu Picchu e também é a mais utilizada pelos viajantes. Nela, você poderá escolher diferentes tipos de vagões e serviços. Veja mais abaixo!

Belmond Hiram Bingham

Esse é o trem para Machu Picchu indicado aos viajantes de luxo, que buscam o que há de mais requintado e confortável no passeio. O Belmond Hiram Bingham é um trem inspirado nos anos 1920 e conta com um serviço personalizado e rico em detalhes. Certamente, o preço pago por isso é diferenciado.

Os vagões são luxuosos e sofisticados, com direito a bar e até um observatório para admirar a paisagem com mais destaque. Além dessas comodidades, a viagem tem ainda shows ao vivo de música peruana e drinks típicos do Peru. Perfeito, né?

Para finalizar as vantagens deste trem para Machu Picchu, ao embarcar, os viajantes são recepcionados com um brinde de boas-vindas, seguido de um caprichado brunch e, por fim, um almoço requintado, com o que há de melhor na culinária peruana. A volta é contemplada por um jantar especial e uma excelente carta de vinhos e outras bebidas.

Este trem para Machu Picchu tem saídas diárias, com exceção do último domingo do mês. Ele também já inclui os ingressos para o parque com um guia, além da ida e volta de ônibus até a estação.

Machu picchu

Vistadome

O Vistadome é outro trem para Machu Picchu operado pela Peru Rail e um dos mais utilizados pelos viajantes. O grande diferencial dele são as janelas panorâmicas nas paredes e tetos, o que possibilita um visual mais amplo da paisagem pelo caminho.

Os preços também são mais acessíveis, se comparados ao trem citado acima e, com isso, oferece um serviço mais simples, porém suficiente e de ótima qualidade. Está incluso um lanche tradicional e bebidas não alcoólicas. Há também um show ao vivo de música andina, além de amostras de peças e produtos que podem ser adquiridos com os funcionários.

Este trem para Machu Picchu tem saídas diárias, em diferentes horários, e não inclui a entrada no parque nem as passagens de ônibus de ida e volta.

Machu picchu

Expedition

Este é o trem para Machu Picchu mais econômico. Além dos preços mais em conta, os serviços se limitam a um lanche e uma bebida fria ou quente. Os demais serviços ficam à disposição dos viajantes, porém não estão inclusos no roteiro.

Há também janelas panorâmicas que permitem um visual bem amplo para fotos e ainda a possibilidade de adquirir peças e produtos da região.

Esse trem para Machu Picchu sai diariamente, mas sem a inclusão dos ingressos do parque nem as passagens de ônibus.

Machu picchu

Sacred Valley

Essa rota liga Urubamba a Machu Picchu. Também é considerada uma viagem luxuosa, com vagões de primeira classe e serviços para ninguém botar defeito. Inclui almoço ou jantar, com uma das vistas mais privilegiadas do Vale Sagrado dos Incas.

Esse trem para Machu Picchu conta com apenas um horário diário e com preço um pouco mais elevado aos trens mais simples.

Machu picchu

Trens para Machu Picchu pela Inca Rail

Outra empresa que opera trens para Machu Picchu, partindo de Ollantaytambo, Poroy ou Cusco, é a Inca Rail, porém com bem menos horários disponíveis. Conheça quais são as opções.

Premium Economy

Como o próprio nome sugere, se trata de um trem para Machu Picchu econômico, porém sem abrir mão de serviços de qualidade. Ele parte em dois horários diários de Poroy ou Ollanta, conta com um lanche básico (na rota Poroy) e também oferece janelas panorâmicas para tirar fotos.

The 360º

Outro trem para Machu Picchu da Inca Rail é o The 360º. Conta com amplas janelas, vagões confortáveis e ambientados com música tradicional andina, serviço de bordo bem completo e venda de produtos artesanais. As viagens têm apenas uma saída diária, pela manhã.

First Class

Esse trem para Machu Picchu oferece um serviço exclusivo, incluindo um menu gourmet requintado, com um almoço na ida e um jantar na volta. Também tem janelas panorâmicas e opera apenas na alta temporada (de abril a outubro).

Há partidas diárias de Ollanta, mas em apenas um horário.

The Voyager

A classe viajante da Inca Rail também é econômica, tem três horários por dia e conta com um serviço simples, porém suficiente. Conta com poltronas confortáveis, mesas dobráveis, um serviço de bordo satisfatório e uma carta de bebidas típicas bem completa.

Machu picchu

Outras dicas essenciais para ir de trem para Machu Picchu

Os bilhetes de trem para Machu Picchu podem ser comprados online, tanto no site da Peru Rail como no da Inca Rail. Os ingressos para o parque devem ser adquiridos por fora, com exceção apenas do Belmond Hiram Bingham, que já contempla a entrada.

Além disso, você precisa se preocupar com o ônibus até Aguas Calientes, de onde partem os trens da Peru Rail, assim como o que sobe e desce até o parque. Para finalizar, de acordo com as novas regras de acesso, é obrigatório o acompanhamento de um guia também.

Portanto, se achou que tem muito detalhe a se preocupar, descomplique! Basta fechar o roteiro de trem para Machu Picchu com uma agência especializada e cruzar as pernas. Eles cuidam de tudo para você e com um custo-benefício que compensa essa trabalheira toda.

Enfim, viajar de trem para Machu Picchu, além de confortável, cômodo e mais rápido, também pode proporcionar uma experiência única, com paisagens e serviços que outros caminhos não oferecem. Escolha o lugar no vagão e desfrute da viagem!

Curtiu? Quer conhecer outras formas de se chegar a Machu Picchu além do trem? Então, confira também os principais roteiros por trilhas até a cidade perdida dos Incas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *