Lago Titicaca Peru: 6 curiosidades sobre o lado peruano

Sem dúvidas, o Lago Titicaca Peru está entre uma das atrações mais buscadas pelos turistas que procuram fazer um roteiro mais completo pelo país.

Afinal, assim como outros destinos peruanos, o lugar envolve muito mais que uma linda paisagem e tradições preservadas, mas também algo inexplicável com uma energia única e repleta de mistérios.

Justamente, por isso, que o país é incomparável e nunca será destino de uma só viagem. Quem o visita deve se preparar para vivenciar e experimentar sensações e emoções que não se resumem apenas a fotos ou lembranças. É algo real, verdadeiro e indescritível. Assim, resolvemos preparar este post com dicas e curiosidades de um dos lugares mais singulares e incríveis de lá: o Lago Titicaca e seus encantos!

Quer conferir? Então, venha com a gente nesta viagem e se surpreenda!

As 6 maiores curiosidades do Lago Titicaca Peru

1- O lago navegável mais alto de todo o mundo

São nada menos do que 3.811 metros de altitude em relação ao nível do mar, o que dá a ele o título de lago navegável mais alto do planeta. Como se não bastasse isso, o Lago Titicaca Peru ainda é considerado aquele com o maior volume de água do América do Sul. Antes que alguém venha alegar que o Lago Maracaibo, em terras venezuelanas, é maior e mais profundo, vale lembrar que o mesmo tem saída para o Oceano, se caracterizando, desta forma, como uma baía.

Portanto, toda aquela imensidão de águas azuis, no topo dos Andes, é uma paisagem única e exclusiva no mundo. Sendo assim, prepare não somente a máquina fotográfica, mas o coração também!

2- O lago Titicaca Peru é dividido pela fronteira de dois países

Outra curiosidade do Lago Titicaca no Peru é que ele pertence aos territórios peruano e boliviano, sendo a maior parte para o primeiro país. A localização exata fica na cidade de Puno, uma das mais tradicionais de toda a região. O legal de tudo isso é que se pode aproveitar seu roteiro de viagem para dar um pulo do lado boliviano também e conhecer um pouco da cultura e do povo do outro lado da margem.

Porém, não há dúvidas de que a parte do Peru é a mais completa e perfeita para um tour mais surpreendente.

3- O lago Titicaca Peru também é considerado berço das civilizações pré-colombianas

Não seria surpresa falar sobre mitologia e mistérios dos antigos povos locais independentemente da cidade ou vila em questão. O fato é que o país inteiro esconde um pouco de sua história milenar em seus costumes, sítios arqueológicos, tradições e até na culinária. No Lago Titicaca não poderia ser diferente também.

Muitos estudos indicam que foi exatamente ali que a civilização Inca se originou. Segundo uma própria lenda andina, o Deus Sol ordenou seus filhos Manco Capac e Mama Ocllo a buscarem um local perfeito para o desenvolvimento de seu povo. A escolha teria sido feita por um local batizado de Isla del Sol, que foi habitada pelos antigos até a invasão dos europeus no século XVI.

Além disso, houve uma civilização conhecida como os Uros, que construiu e viveu em diversas ilhas flutuantes no meio do lago. Atualmente, existem mais de 40 dessas ilhas habitadas por pescadores e artesãos, que ainda mantêm vivas as tradições originais.

Em seu roteiro pelo Lago Titicaca no Peru, você poderá visitar sítios arqueológicos preservados e habitados pelas comunidades indígenas locais, que descendem dos incas originais. Uma verdadeira vivência histórica proporcionada ao viajante por essas tradições, culturas e lendas. Já imaginou?

Lago titicaca peru

4- O Lago Titicaca recebe outros nomes no Peru

Uma outra curiosidade do Lago Titicaca no Peru está relacionada ao seu nome. Na verdade, a origem do termo ainda é discutida por muitos, assim como o seu significado. No entanto, a tradução mais convincente, defendida pela maioria, é de “Pedra do Puma”, misturando palavras do Quíchua e Aimará.

Porém, o assunto não para por aqui. Ainda no lado peruano, o lago é “separado” pelo estreito de Tiquina, que o divide em duas partes, uma menor e outra maior. A primeira recebe o nome de Lago Pequeño e a outra, de Lago Grande. Já na parte boliviana, esses mesmos lugares são conhecidos como Lago Huinaymarca e Lago Chuchuito, respectivamente.

Lago titicaca peru

5- O lago Titicaca Peru faz parte de uma reserva natural

Desde 1978 que o lago é protegido, oficialmente, pelo estado peruano, pela criação da Reserva Natural do Lago Titicaca, abrangendo uma área total de mais de 37 mil hectares pelos municípios de Huancané, Ramis e Puno. Essa iniciativa do governo beneficiou não somente a preservação ambiental da região, mas também reforçou a importância histórica e cultural de seu povo, impedindo construções e desmatamentos da área.

Com isso, seu roteiro pelo Lago Titicaca Peru será sempre contemplado pelos costumes e tradições de seus habitantes locais, assim como por cenários intactos e repletos de espécies nativas de peixes, aves e animais oriundos de lá. Também fazem parte da reserva natural as ilhas de Santa Maria, Huaca Huacani e Toranipata.

6- As embarcações típicas são uma atração à parte

Provavelmente, se você já pesquisou qualquer assunto relacionado ao lago Titicaca Peru, se deparou com aquelas embarcações típicas da região e que, sem dúvidas, são marcas registradas do local e de seu povo.

Além dos passeios que, certamente, você também fará por elas, a parte mais interessante da história é que estes barcos são feitos de forma artesanal e o material utilizado em sua construção se chama totora, uma espécie de planta aquática muito comum por lá e que, há séculos, já faz parte da rotina e das tradições dos indígenas.

Enfim, estas foram algumas das principais curiosidades do Lago Titicaca no Peru e que, certamente, farão seu roteiro ainda mais completo. Ha muitas outras a se conhecer e a explorar neste que é um dos destinos mais espetaculares de todo o continente sul-americano e que, em especial, torna o Peru um dos países mais incríveis a serem visitados. Arrume as malas e confira toda a magia do mais alto lago do planeta!

Lago titicaca peru

Curtiu? Já conhecia estas curiosidades do Lago Titicaca? Então, compartilhe o post em suas redes sociais e mostre para os seus amigos! Quem sabe aquele parceiro de viagens não se anima de arrumar as malas com você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *