Festas peruanas mais famosas: conecte-se com a cultura local

Um país tão rico e com uma cultura tão forte como o Peru não poderia deixar de ter um calendário de festividades completo e repleto de muita música, comida, danças, arte e curiosidades de todos os tipos que surpreendem ainda mais os roteiros turísticos de lá.

Se você já está planejando a sua trip por Machu Picchu ou qualquer outra região desse fascinante território, prepare-se também para conhecer uma explosão de cores, sorrisos e sabores nas principais festas peruanas que animam todo o país.

Quer conhecer um pouco mais e já anotar na agenda os eventos que não podem ficar de fora do passeio? Então, aproveite bem as dicas abaixo, leia até o final e tome nota de cada uma delas! Bora lá!

Conheça 5 festas peruanas simplesmente imperdíveis

1. Inti Raymi (a Festa do Sol)

Entre as festas peruanas mais tradicionais – e belas – o Inti Raymi, sem dúvidas, é a mais encantadora de todas e resgata uma celebração milenar dos incas ao Deus Sol, com direito a apresentações, danças e rituais típicos de um povo que ainda preserva costumes e crenças de seus antepassados.

O festival ocorre no dia 24 de junho, em Cusco, e a data tem uma explicação. Esse é o dia em que os Incas consideravam o mais curto no hemisfério sul, devido à posição da terra em relação ao sol e, por esse motivo, acreditavam que o Deus pudesse abandonar seus filhos e, então, realizavam a cerimônia de aclamação, com oferendas, música e danças ao astro.

Hoje, a concentração maior da festa se dá em meio às ruínas de Sacsahuaman, proximo a Cusco (consegue imaginar a energia?). Mas, desde cedo, as cerimônias e as atividades têm início no Koricancha, o templo dedicado ao sol em Cusco, e também na Plaza de Armas. A festa reúne gente do mundo inteiro, mas encanta pelo turismo interno dos peruanos, que viajam quilômetros para participar do evento.

festas peruanas

2. Corpus Christi

Assim como outros países colonizados pelos europeus, o Peru também celebra o Corpus Christi, mas com um destaque especial para a cidade de Cusco, onde as cerimônias impressionam pelos coloridos cortejos e suas longas missas.

Ao todo, quinze santos e virgens são saudados em procissões que cruzam as pequenas ruas da cidade e, em sua maioria, chegam às portas da catedral de Cusco. Durante o caminho, muitas cantigas e preces proporcionam um ambiente arrepiante, que emociona até mesmo os mais incrédulos.

Ao longo de todo o dia de comemoração, que ocorre exatamente 60 dias após o domingo de Páscoa, é possível ouvir os badalos de Maria Angola, o maior sino de igreja no Peru, datado do século XVI. Com a cidade cheia, repleta de turistas querendo aproveitar a alta temporada do Vale Sagrado e de Machu Picchu, a prefeitura e os comerciantes locais organizam eventos e cardápios especiais para o período, como feirinhas, apresentações artísticas e, claro, aqueles pratos maravilhosos da culinária, presente nas melhores festas peruanas.

festas peruanas

3. Candelária Mamacha

Uma das festas peruanas mais tradicionais e imperdíveis é a festa para a Virgem da Candelária, ou comumente chamada de Mamacha. Ela ocorre em Puno, bem às margens do fabuloso Lago Titicaca, que também, se tiver a oportunidade, deve fazer parte de seu roteiro.

Ao todo, são 18 dias de comemorações em uma das regiões mais fascinantes do país, a uma altitude de mais de 3.800 metros. A festa é considerada patrimônio da humanidade pela Unesco e, por causa dela, a cidade ganhou o título de Capital Folclórica das Américas. A festividade engloba mais de 200 grupos de músicos andinos e dançarinas para homenagear a Virgem.

Neste período, as igrejas são decoradas com muitas cores e recebem eventos regados a muita comida e fogos de artifício. Ocorre em fevereiro e, mais exatamente no dia 2 desse mês, a imagem da santa é carregada em um grande cortejo com música, dança e muitas flores.

Assim como outras festas peruanas, a origem da Candelária Mamacha está associada aos ciclos agrícolas indígenas, assim como às atividades mineradoras por parte dos colonos na região. A mistura resultou em novas danças e crenças do povo, como a diablada, principal dança do festival. Acredita-se que ela nasceu após um grupo de mineiros ficar preso em uma mina. No desespero, eles renunciaram suas almas à salvação da Virgem de Candelária. Incrível, não acha?

festas peruanas

4. Fiestas Patrias

Celebrado no dia 28 de julho, o dia da independência do Peru representa muito para o seu povo, que não economiza nas celebrações. Durante todo o mês, já é possível notar a mudança na decoração das cidades, especialmente com bandeiras do país penduradas em praças e nas fachadas dos casarões.

É considerado o principal feriado peruano e, por todo o território, há festividades com músicas, apresentações artísticas e muita gastronomia típica. Em Lima, por exemplo, o bairro de Miraflores ganha um desfile especial e as ruas da capital se destacam pelo vermelho e o branco.

Todo o país comemora essa que é uma das festas peruanas mais tradicionais de lá. Portanto, se pretende viajar, é bom se antecipar e garantir seu pacote especial para esse época, já que hotéis e restaurantes costumam ficar movimentados.

festas peruanas

5. Réveillon Amarelo

Cada lugar do mundo tem os seus costumes e tradições para começar o ano com o pé direito, né? Enquanto, por aqui, pulam as sete ondas, em Cusco, a tradicional Plaza de Armas reúne turistas e locais para a celebração do último dia do ano e o recomeço de uma nova era, cada um carregando algo que simbolize os desejos para o próximo período. Por exemplo, aqueles que querem viajar mais carregam consigo seus passaportes. Os que desejam um carro, levam miniaturas e assim por diante.

Quase na hora da virada, o mais impressionante acontece! As pessoas começam a correr em torno da praça, com os respectivos “pedidos” em mãos até a queima dos fogos. Ao contrário daqui, em que a maioria usa vestimentas brancas, por lá a cor mais comum é o amarelo, daí o nome do Réveillon amarelo.

Hotéis, bares e restaurantes seguem a tendência com decorações de mesma cor e atravessam a madrugada com muitas opções de festas, drinks e cardápios para todos os turistas que querem aproveitar, ao máximo, o momento da virada e começar o ano com muita prosperidade.

festas peruanas

Enfim, essas foram algumas das principais festas peruanas que rolam no país e que, com certeza, tornarão seu roteiro ainda mais completo. Poder participar de uma delas é conseguir vivenciar o que há de mais puro e típico de um povo que herdou costumes e tradições milenares. Portanto, não economize na diversão e experimente esses momentos únicos.

Curtiu as dicas sobre festas peruanas? Quer conhecer um pouco mais sobre a cultura desse país fascinante? Então, aproveite e leia também nosso próximo post sobre as principais danças do Peru. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *