Dicas de viagem ao Peru: 8 coisas que você precisa saber

Antes mesmo de se encantar pela energia de Machu Picchu, pelas belezas do Vale Sagrado dos Incas, pela riqueza cultural de Lima, pelos mistérios do Lago Titicaca ou de se aventurar por qualquer outro destino andino, é bom se planejar e se informar bem antes de embarcar nessa trip. Pensando justamente nisso e como bons especialistas no assunto, nós resolvemos preparar um miniguia básico com as principais dicas de viagem ao Peru!

Bloco de notas com Dicas de viagem ao Peru

Portanto, sem mais delongas, continue a leitura e não deixe de tomar nota, inclusive se você busca também por informações mais específicas de dicas de viagem para Machu Picchu ou Cusco! Podemos começar?

1. Quais documentos são exigidos em uma viagem ao Peru?

passaporte com mapa e bússola para viagem ao peru

Por fazer parte do Mercosul, os brasileiros não precisam de passaporte e muito menos de vistos para entrar no Peru como turista. Basta portar a carteira de identidade brasileira (RG) em perfeitas condições para embarcar e desembarcar sem problemas no país.

Mas se você fizer questão de ganhar um novo carimbo no seu passaporte, o documento também servirá!

Apenas para finalizar a questão dos documentos exigidos no Peru, ainda que nada disso seja obrigatório, é sempre recomendado contar com o endereço das hospedagens e data de retorno ao Brasil no momento que você passa na aduana. Para isso, basta um print no celular com as suas reservas, só mesmo para um caso atípico de alguém perguntar.

2. É preciso tomar a vacina da febre amarela para viajar ao Peru?

No momento, o Certificado Internacional de Vacinação não é exigido para viajar para o Peru. No entanto, se você já o tiver, não custa nada levá-lo. Para quem não é vacinado, ainda que não seja obrigatório, também é recomendado se prevenir, até porque se trata de um procedimento gratuito, rápido e que pode ser útil para outras viagens.

Por fim, algumas regiões do Peru são de florestas e, ainda que a febre amarela seja considerada controlada no país, é sempre bom estar prevenido, concorda?

3. Quais são as cias aéreas que voam para o Peru?

Há bastantes opções de voos entre diversas cidades brasileiras para o Peru. Há até ônibus saindo de São Paulo, acredite! No entanto, considerando as principais cias aéreas que operam entre os dois países, podemos destacar a Avianca e as brasileiras Gol e Latam.

4. Quanto tempo de viagem até o Peru?

Evidentemente, o tempo de viagem até o Peru vai depender do seu ponto de partida e se o seu voo contará com algumas escalas. No entanto, levando em consideração Rio e São Paulo, o trajeto leva cerca de 5h25 e de 5h50, respectivamente.

Já os voos internos no Peru, destacamos os seguintes:

  • Tempo de voo Lima – Cusco = 1h15

  • Tempo de voo Lima – Trujillo = 1h15

  • Tempo de voo Cusco – Trujillo = 1h55

  • Tempo de voo Lima – Arequipa = 1h30

  • Tempo de voo Cusco – Arequipa = 1h05

VEJA TAMBÉM

Conheça os melhores destinos de viagem ao Peru

5. Qual a melhor época para viajar para o Peru?

Dicas de viagem para o Peru

Entre as dicas de viagem ao Peru, sempre é bom saber como funcionam as estações do ano por lá! Afinal, é um pouco diferente do que no Brasil, já que os peruanos “dividem” o ano em dois períodos: o de seca e o das chuvas!

Antes de tudo, vale ressaltar que é possível realizar a sua viagem ao Peru durante qualquer mês e, sem dúvidas, o país irá sempre te surpreender da mesma forma. Além disso, cada região tem suas próprias particularidades e características em relação ao tempo.

Mas vamos lá! Para entender melhor como é o clima no Peru, confira os meses do ano:

  • De novembro a março – época que costuma chover mais, porém, quase sempre, de forma esparsa e sem, necessariamente, atrapalhar o roteiro. A vantagem de ir nessa época é de conseguir preços mais baixos, atrações mais tranquilas e cenários bem diferentes;

  • De maio a outubro – considerado o período das secas, os dias costumam ser mais abertos, porém, com temperaturas mais baixas.

  • Entre maio e julho – dentro do período da seca, esses três meses são o auge da temporada peruana, especialmente, em Cusco e Machu Picchu, quando ocorrem grandes eventos, como a Festa do Sol (Inti Raymi) em 24 de junho. Essa época também engloba as férias escolares.Inti raymi

6. O que levar na mala em uma viagem ao Peru?

Além das dicas de viagem ao Peru, é muito importante se planejar antes de embarcar na aventura e, claro, isso inclui a arrumação das malas.

Bom, em primeiro lugar, é válido levar em consideração quais serão os destinos de seu roteiro. Afinal, o clima no Peru pode variar de uma cidade para outra. Mas vamos lá! Abaixo, separamos o que não pode faltar de jeito nenhum. Confira!

  • Um bom calçado para caminhadas. Se for fazer a trilha inca ou qualquer outra, recomenda-se até uma bota mais fechada;

  • Mesmo que sua viagem seja durante o verão, leve um bom casaco e até alguns acessórios de frio. Lugares como Cusco e Machu Picchu, por exemplo, estão acima de dois mil metros de altitude e, principalmente, as noites costumam esfriar. Para se ter uma ideia, enquanto durante dia se registra, em média, 20º C, ao entardecer essa temperatura pode cair para ou 3º C ou 4º;

  • É indicado levar um kit básico de medicamentos para a sua viagem ao Peru, com antialérgicos, remédios para enjoos, dor de barriga, dor de cabeça, etc;

  • Não se esqueça do protetor solar, dos cremes hidratantes e de um protetor labial;

  • Separe uma mochila menor para os passeios, sempre com uma garrafa com água e alguns alimentos leves, como frutas e barras de cerais.

7. Como acessar internet no Peru?

Pessoa fotografando com o celular na viagem ao Peru

Ainda que uma viagem ao Peru seja tão intensa, quem não gosta de separar um minutinho para postar aquela foto ou vídeo em tempo real, né? Bom, se você não quer só depender do wi-fi do hotel, é possível comprar um chip local e desfrutar do serviço de internet peruano.

Logo na chegada em Lima, a dica é buscar por uma operadora local (lá existe a Claro também) e comprar o chip, que pode ser encontrado a partir de 5 soles (aproximadamente R$ 6 na cotação de novembro de 2019). Depois, é só incluir os créditos! 

8. Viagem ao Peru: ir por conta própria ou com uma agência?

Nada impede você de se aventurar pelo Peru por conta própria, mas entenda uma coisa: se locomover por lá sozinho não é uma tarefa fácil e pode atrapalhar seu roteiro.

Portanto, se quer uma dica, feche o seu pacote ainda no Brasil e só se preocupe em tirar boas fotos e vivenciar os melhores momentos com tranquilidade, comodidade e, claro, sem prejuízos.

Enfim, essas foram algumas dicas de viagem ao Peru, essenciais para quem já tem aventura marcada na agenda ou, até mesmo, para aqueles que ainda estão se decidindo quando embarcar para a trip mais fascinante de todo o continente.

Se ainda restou alguma dúvida ou se gostaria de deixar uma sugestão sobre o que não pode faltar em uma viagem ao Peru, comente aqui embaixo que, logo logo, um de nossos especialistas responde você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *