Cidades peruanas: 4 locais para conhecer e se apaixonar!

Vai viajar para o Peru e quer explorar outras cidades peruanas, além do roteiro clássico de Machu Picchu e Lima?

Perfeito! O país é repleto daqueles “lugarzinhos” especiais, que muita gente nem imagina existir e só quem pesquisa e se planeja bem consegue desbravar os encantos e as belezas de destinos tão ricos e impressionantes.

Se você é uma dessas aventureiras e não vê a hora de montar um roteiro alternativo e fascinante, está no lugar certo! Neste post, separamos quatro cidades peruanas incríveis e encantadoras que você pode incluir no seu passeio. Então, continue a leitura e tome nota dessas dicas imperdíveis! Vamos lá!

Conheça 4 cidades peruanas fora dos roteiros convencionais

1- Chiclayo, a capital da amizade

Localizada no Norte do Peru, Chiclayo recebe o apelido de capital da amizade e não é por acaso! Seu amistoso povo é conhecido pela hospitalidade e pelo clima de cidade de interior (ao melhor estilo peruano). No entanto, as atrações da capital de Lambayeque vão muito além disso.

Por lá, habitaram os Moche, uma civilização pré-histórica que viveu na região a partir do ano 100 a.C. Apesar do longo tempo, muitos vestígios e construções se mantiverem praticamente intactas e, hoje, movimentam tanto o turismo local como as pesquisas e estudos arqueológicos.

Quem visita Chiclayo tem a oportunidade de conhecer a misteriosa Huaca Rajada, onde foi encontrado o túmulo com as ossadas e objetos do Senhor de Sipán, um importante governador Moche da época. Além dela, há também a pirâmide Tucume onde, mais uma vez, outro personagem milenar foi descoberto, em 2008: o Senhor de Tucume.

Por fim, o passeio pela cidade é contemplado pelo fascinante Mercado das Bruxas, uma espécie de feira mística e esotérica, na qual é possível encontrar peças sagradas, ervas, chás, sementes e objetos de rituais xamânicos e medicinais, que resumem bem as crenças e costumes de um povo extremamente ligado às forças da floresta amazônica e às tradições de séculos atrás.

cidades peruanas

2- Trujillo, a capital da cultura do Peru

Bem pertinho de Chiclayo (inclusive, nada impede de fazer um roteiro conjunto), a cidade de Trujillo é outra joia rara do Norte do Peru. Além de toda a riqueza cultural e histórica que dão o título de “capital da cultura”, a vila conta com um litoral majestoso e repleto de curiosidades.

Bom, começando então pelas praias, o destaque fica para a Huanchaco, o lugar da primeira prática de surf do mundo de acordo com os locais. E tudo isso ao melhor estilo peruano: sobre os tradicionais Caballitos de Totora. Para quem não sabe, os caballitos são embarcações milenares feitas de uma planta aquática muito comum no país, as mesmas usadas para a construção das ilhas flutuantes do Lago Titicaca.

Partindo para terra firme, Trujillo prova o merecido título de capital cultural e se destaca entre as cidades peruanas com roteiros mais alternativos. A cidade também foi berço da antiga civilização Moche e um dos atrativos principais é a vila de Chan Chan, a maior cidade de barro do mundo, datada também dos primeiros séculos depois de Cristo.

Perto dali se encontram as Huacas do Sol e da Lua, duas pirâmides impressionantes e com detalhes minuciosos de esculturas e pinturas em seus muros. Para finalizar e comprovar que Trujillo é parada obrigatória de todo viajante e aventureiro, em 2005, no complexo arqueológico de Cao, uma múmia foi encontrada em perfeitas condições e com um detalhe interessante: seu corpo ostenta tatuagens perfeitas com imagens de animais, o que cativou ainda mais a curiosidade de pesquisadores e, claro, dos turistas!

3- Vinicunca, a montanha colorida do Peru

Provavelmente, você já viu pela internet fotos impressionantes de uma montanha repleta de cores, parecendo uma verdadeira pintura ou aquarela. Esse lugar existe e fica bem perto de Cusco! Apesar da proximidade com a cidade berço da civilização Inca, a Montanha Colorida– é relativamente nova nas rotas turísticas e, por isso, muita gente que conhece o Vale Sagrado acaba nem incluindo o passeio por esse paraíso.

Mas quem não abre mão de uma aventura e daquela foto de cair o queixo não pode deixar de fora esse atrativo no roteiro pelas cidades peruanas mais alternativas. Bom, mas não é só isso também! A recompensa de chegar ao topo de um dos lugares mais incríveis do Peru requer um certo esforço e preparo físico, já que Vinicunca fica a mais de cinco mil metros de altitude e a trilha é de cerca de 15 km (ida e volta) em nível moderado e desafiador. E aí, topa?

4- Laguna Humantay, a lagoa azul do Peru

Facilmente, esta é uma das opções de roteiros mais top pelas cidades peruanas alternativas. Seu acesso se dá pela Trilha Salkantay, a rota alternativa mais impressionante para a cidadela de Machu Picchu. Porém, não é todo mundo que realiza o trekking que para na Laguna Humantay.

Afinal, se trata de um “desvio” da rota original e, cá entre nós, vale todo o esforço para estender a caminhada até esse paraíso. Apesar de desafiador, o cenário é, indiscutivelmente, um dos mais bonitos de todo o mundo. Admirar de perto toda aquela grandeza das montanhas nevadas refletindo nas águas azuis da lagoa é de mexer com o coração e com a alma de qualquer viajante.

O legal dessa trilha é que você tem a oportunidade de conhecer Machu Picchu por um caminho totalmente alternativo e fascinante, além de não precisar de reservas ou ter que contar com a limitação de visitantes.

cidades peruanas

Enfim, essas são apenas algumas opções menos conhecidas de cidades peruanas, mas igualmente mágicas como qualquer outro destino desse país fabuloso. Ah, vale ressaltar que, por se tratarem de lugares mais alternativos e fora das rotas turísticas convencionais, é fundamental buscar por uma agência especializada que garanta todo o suporte e conforto necessário para uma viagem inesquecível.

Curtiu o post? Quer conhecer outras cidades peruanas que também podem fazer parte de seu roteiro? Então, confira também 5 roteiros culturais pelo Norte do Peru e desbrave uma das regiões mais impressionantes do país!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *