Arequipa – A Cidade Branca

Arequipa – A Cidade Branca

É ma encantadora cidade colonial com espírito moderno, suas fachadas em estilo barroco , com grandes muros, edifícios em arco que marca a época da colonização espanhola.  Seus edifícios construídos  em sillar , material vulcânico petrificado do vulcão El  Misti, que é o símbolo de Arequipa, daí o nome de  Cidade Branca, que vem de uma oração “arequipai” em quéchua quer dizer Sim Fique.

Este é  exatamente o  sentimento que o visitante sente,  quando vê a luz do sol refletir nas

paredes brancas e mostra toda magia do  entardecer nas praças lotadas de turistas vindos de todos os lugares do mundo e os moradores locais com seu artesanato muito colorido.

 

Arequipa - A Cidade Branca

 

O Centro Histórico de Arequipa, é tombado pela UNESCO como patrimônio histórico por sua originalidade e diversidade natural.

Construída aos pés do impressionante vulcão  El Misti (5.825 m.a.n.m.), do Chachani (6.075 m.a.n.m.) e Pichu Pichu (5.525 m.a.n.m.) ,  com belíssima vista para os Andes que alcança grandes altitudes de montanhas e vulcões cobertos pela neve,  como o El Ampato (6.075 m.a.n.m.

Arequipa conta com diversos shoppings, comércio, rodoviária nacional e internacional, parques e 05 sítios arqueológicos. Arequipa tem 39 igrejas com valiosíssimas imagens barrocas e altares mesclados de ouro e prata,  mansões coloniais com arquitetura do séc. XVI e XVII.

tornando Arequipa a cidade a mais atrativa do Peru  e a mais importante centro industrial de lã de alpaca do país.

Praza de Armas faz parte do elegante Centro Histórico  rodeada pela belíssima Catedral em estilo neo-classico, edifícios com fachadas em arco com lojas e ótimos restaurantes, onde podemos saborear a melhor comida regional como as saborosas chupas, frutas, pescados, queijos, papas, maiz e os mais deliciosas sobremesas até as notáveis cozinhas internacionais que agrada o mais requintado paladar.

 

Arequipa, é uma das cidades mais antiga do América do Sul, foi palco de revoluções, terremotos e também um dos cenários da novela Amor a Vida da rede globo .

Monastério de Santa Catalina– um destino obrigatório para o visitante de Arequipa, é uma construção numa grande área de um antigo convento para moças, onde se pagava  altos dotes para a igreja, hoje abriga um museu que exibe pinturas da Escola Cusqueña.

 

Museo Santuarios Andinos- onde está para visita, a  múmua  da menina Juanita – l2 anos, encontrada  congelada em posição  semi fetal, a  mais de 500 anos, a 6.3l2 metros de altura numa temperatura de 20º  negativos, escondida por Pacha Mama,  na mantanha Apu Ampato. É impressionante o estado de conservação do corpo e  de todos seus pertences, oferendas para entregar aos Deuses, como: milho, sandálias, túnicas de lã de alpaca,  brinquedos, folhas de coca, etc. O ritual de oferenda humanas, era motivo de honra para a família.

Suburbios—São Lázaro, Cayma e Yanahuara, vc pode ter uma belíssima vista do vale e dos vulcões.

Canyon de Colca – O precipício mais profundo do mundo, do Mirador La Cruz del Condor ( a 4.400 m.a.n.m.) podemos ter a mais espetacular visão dos condores voando na altura de seus pés, e o  rio Colca  correndo no fundo do canyon onde se pode praticar canoagem ou kayakes no agressivo rio, faz toda a diferença para os mais corajosos.

O Valle del Colca abriga em média a  14 aldeias de povos descendentes de antigas civilizações andinas que ainda guardam os costumes no idioma e nas suas roupas típicas, vendendo seu artesanato colorido.

 

Arequipa - A Cidade Branca

 

Chivay – próximo de Arequipa seguindo por uma estrada cheia de curvas, rodeando a montanha, vamos encontram-se os famosos baños termales e medicinales  em Chivay e suas bonitas paisagens naturais. Em Chivay encontramos variedades de serviços turísticos.
Parada obrigatória para ir ao Canyon del Colca .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *